09
abr
08

CMYK x RGB


01. Nomenclatura
> RGB é a abreviação de Red, Green e Blue (Vermelho, Verde e Azul).
> CMYK é a abreviação de Cyan, Magenta, Yellow e Black (Ciano, Magenta, Amarelo e Preto).

02. Questão técnica

> Padrão de cor RGB é aditivo
> Padrão de cor CMYK é subtrativo
Isto quer dizer que o monitor ilumina a cor (RGB) e o papel recebe a iluminação para representar as cores (CMYK).

03. A relação entre os dois modelos de cores é que um modelo é o oposto do outro, ou seja:
> RGB:
0 de vermelho + 0 de verde + 0 de azul = preto.
256 de vermelho + 256 de verde + 256 de azul = branco
> O modo RGB é representado por 256 níveis de cores.

> CMY (aqui o K do preto não entra)
0% de cyan + 0% de magenta + 0% de amarelo = branco.
100% de cyan + 100% de magenta + 100% de amarelo = preto.
> Isto na teoria, pois na prática, devido a questões de pigmento das tintas, a mistura de 100% das três cores CMY não dá preto, e sim um marrom muito escuro.
> É aí que entra o K (preto), para suprir a deficiência dos pigmentos de tinta, durante o processo de impressão offset.

04. Papéis:
> No caso de impressão em papel, existem mais alguns fatores que podem causar alterações das cores. As tintas possuem pigmentação diferente que alteram o padrão de cores. O tipo de tinta de uma impressora jato de tinta é diferente do tipo de tinta de uma impressora offset. O suporte, ou tipo de papel que recebe a tinta também influência a cor final. No caso de jato de tinta você pode fazer um teste simples, imprima em papel especial para jato de tinta, depois repita a mesma impressão em papel comum, você notará a diferença grande entre uma impressão e outra, feito na mesma impressora, mas em papel diferente.
> No caso de impressão offset, a mesma cor impressa em papel couchê, não terá a mesma tonalidade impressa em papel offset ou jornal.
> As escalas de cores impressas são produzidas em dois tipos de papel, couchê e offset (coated e uncoated) justamente para mostrar a diferença de tonalidade entre um papel e outro.

05. Compondo cores:
> Como a finalidade de seu arquivo é uma impressão offset, você tem que usar uma escala de cores impressa em papel no padrão CMYK, para se orientar. Escolha as cores olhando na escala em papel e coloque as porcentagens respectivas em CMYK no seu arquivo, desta forma você terá a certeza de que o trabalho final estará no padrão de cor correta, mesmo que seu monitor ou sua prova jato de tinta lhe mostre uma cor diferente da desejada.
Em se tratando de cores especiais, você pode utilizar cores spot ou Pantone na cor desejada, para mostrar uma prova colorida ao seu cliente. Depois que o cliente aprovar o trabalho, basta eleger uma cor CMYK como cor especial para saída do filme, por exemplo Cyan = Pantone Green 238 e Preto = Pantone Oranje 345. Então, o arquivo que você deverá trazer para impressão dos fotolitos, deverá conter apenas duas cores, o cyan e o preto. As cores corretas serão colocadas durante a impressão na máquina offset.


0 Responses to “CMYK x RGB”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


FONTES TOTAL

TUTORIAIS PHOTOSHOP | TEXTUREKING | OFICINA DA NET | NEOSITE.ILOGIC | PHOTOSHOP TUTORIALS | BRUSHEEZY | BRUNO AVILA |

Arquivos

Estatística

  • 293,757 usuários

%d blogueiros gostam disto: